Boa tarde a todos.

Entre a semana passada até agora, sairam algumas entrevistas com o nosso querido Uncle Bobby, também conhecido como Jim Beaver, aqui vai a tradução de uma delas, as outras, depois de te-las lido, falam mais ou menos a mesma coisa, então, vou postar os links daquelas que nós temos, quem quiser ler o original em ingles esteja a vontade.

Primeiro a que foi traduzida e devidadmente creditada à HuffPostTV.  

Clique aqui para ler o original em ingles – http://www.huffingtonpost.com/2012/04/20/supernatural-jim-beaver_n_1440368.html?ref=tw

Tradução.

ASTRO DE SUPERNATURAL, JIM BEAVER, FALA SOBRE O RETORNO DE BOBBY E AS REGRAS DE COMO SER UM FANTASMA.
A morte nunca foi um obstáculo no show da CW, Supernatural , onde os dois personagens principais já foram para o céu e inferno várias vezes sem perder o charme.
Então quando o Cult show decide matar um dos seus personagens mais antigos e queridos, Bobby Singer (Jim Beaver), no começo desta temporada, o nosso luto foi reduzido pela esperança de que nós o veríamos novamente usando o seu habitual boné de caminhoneiro, mais cedo do que tarde.
O show retorna hoje a noite (20 de abril) com o primeiro de cinco episódios sem interrupção nos levando até o final da temporada em 18 de maio,  e pelo andar da carruagem, o fato do Bobby agora ser um fantasma, não vai atrapalhar a sua maestria como caçador. HuffPostTV conversou com Beaver e discutimos o que será de Bobby agora que ele não está mais na terra dos vivos, e as dificuldades que ele encontrou enquanto tentava obedecer as “regras dos fantasmas.”
Como os produtores contaram para você a noticia sobre a morte do Bobby? Você sempre soube que sua ausência no show seria apenas temporária?
Eles apresentaram a noticia com a frase clássica: “Nos temos boas e más noticias para você”. Eles começaram com as más noticias. Eles tentaram fazer com que ficasse menos ruim também contando as boas noticias, mas não ajudou muito porque tudo era muito vago a respeito das boas noticias. Eles disseram, “Nos vamos matar você, mas você provavelmente voltará”. Eles me disseram que eu voltaria para o ultimo episódio ou algo assim. Eles não tinham muita certeza de como, mas para que eu não me preocupasse, que eles me adoravam, e eles nunca se livrariam de mim. Eu não acreditei em nada do que eles me disseram (muitas risadas). Eu fiquei bem nervoso. Mas novamente, está é a segunda série na qual eu tenho um funeral viking. Eu fui morto em dois shows até agora, e em ambos me homenagearam com um adeus muito bom. Então, o legal de Supernatural é que a morte nunca significa a morte. Nunca é para sempre.
Depois desta incrível despedida no episódio “Death’s door”, você ficou preocupado com o seu retorno poderia diminuir o impacto emocional da morte de Bobby?
Bom, eu nunca achei que eles iriam me deixar morto. (risadas) Eu gosto de demais do meu salário e das pessoas com as quais eu trabalho. Mas uma coisa que sempre me deixou maravilhado é que este show sempre achou uma maneira de manter o poder dramático da morte mesmo quando as pessoas a experimentaram mais do que uma vez.
Isso é verdade – nos apenas choramos com mais frequência.
Sim – eu não sei exatamente como isso funciona, mas eu acho que  o pessoal de Supernatural descobriu uma maneira miraculosa de manter a atenção e a preocupação  do publico. Eu fico feliz, porque eu não posso imaginar um show, a não ser o Supernatural, que possa matar e trazer de volta seus personagens principais mais do que uma vez, e sair-se bem com isso.  Mas de uma maneira ou de outra, o perigo (ameaça) da morte ainda tem um grande peso neste show, apesar de que nos tenhamos descoberto varias maneiras de, mesmo que temporariamente, adia-la em algumas ocasiões.
Os atores parecem ser táteis por natureza – tem sido difícil não interagir com os acessórios e com Jared e Jensen quando você não tem a capacidade de tocar nada ou ser visível a eles?
Bom, Spencer Trace disse que o segredo na atuação é de entrar em cena, falar suas falas, e não topar com a mobília. Eu estou achando este conselho extremamente útil nesta situação, porque eu não preciso dizer muitas coisas porque ninguém me escuta. Então, eu me concentro mais em não tocar nada. É esquisito. Tem havido alguns desafios que eu nunca pensei ter. Algumas vezes é fácil, outras é confuso. Eu não conheço todas as regras sobre ser um fantasma, então eles podem dizer, “Oh, você não pode fazer isso.” Na realidade, houve uma cena neste episódio que nos tivemos que regravar porque parece que eu quebrei alguma regra sobre ser um fantasma a qual eu desconhecia. Nós tivemos que refazê-la quase um mês depois de grava-la. Alguém disse, “Não! Você não assistia esse show? Fantasmas não podem fazer isso.” Ai eu respondi, “Oh, ok.” Ninguém percebeu isso quando nos estávamos gravando. Como eu disse, é um jogo novo com novas regras.
Nós sabemos que o episódio desta semana é sobre uma casa mau assombrada, o que nós podemos esperar um pouco de ação fantasmagórica quando o Bobby estiver na casa com os meninos?
Oh, com certeza. Muita da estória é sobre os meninos tentando saber (e resolver) quais são os problemas relacionados a essa casa mau assombrada, enquanto Bobby tenta resolver algumas coisas no lado dele. Então é um tipo de serviço para o Bobby que acaba juntando com o que os meninos estão fazendo. Mas os meninos estão meio atrasadinhos – mas isso é normal, aqueles “idijts” estão sempre meio atrasadinhos..
No resumo do próximo episódio é mencionado que Bobby esta querendo ajudar a Sam e Dean, mas que a sua fúria contra Dick por tê-lo matado pode atrapalhar. Você poderia falar algo sobre isso?
Bom, em primeiro lugar, muito do que nos vimos em Bobby é um bocado de frustração por não ter a capacidade de fazer tudo o que ele fazia antes e tendo que seguir estas novas regras (sobre como ser um fantasma) as quais ele não esta acostumado. Mas ao mesmo tempo, ele está muito furioso com o Dick pelo o que o Dick fez a ele. E ele descobre que fantasmas tem muito mais problemas para controlar a sua fúria do que os humanos. Então isso as vezes atrapalha. Isso algumas vezes pode ser usado em seu favor, como ele aprende, mas algumas vezes isso pode atrapalhar no que ele quer fazer.
Nós vimos com os fantasmas e ceifadores anteriores que se Bobby continuar nesta forma que ele está, há uma boa chance dele se tornar um tipo de monstro  que ele costumava caçar. Está será a principal preocupação nos episódios finais desta temporada?
Isso com certeza será uma das preocupações nos últimos episódios desta temporada. Bobby está tentando nadar contra a correnteza do que os fantasmas estão destinados a se tornar. Nós vamos ver o quão bem ele pode nadar….
Para os que quiserem ler as outras, aqui estão elas.
http://tvline.com/2012/04/20/supernatural-season-7-episode-19-beaver-preview/

 http://www.examiner.com/article/supernatural-s-jim-beaver-the-best-tool-sam-and-dean-have-is-themselves