[Análise Hunter] 12×18 The Memory Remains

By

Título aparentemente simples, significado quase nenhum, monstro da semana… esse episódio de Supernatural tinha tudo pra ser mais um filler (na concepção de muita gente; pra mim, raramente, nesses 12 anos, um episódio se encaixaria nessa “categoria”), mas surpreendeu nos pequenos detalhes, aprofundou a história, deu um gostinho de nostalgia e teve um final de arrancar lágrimas até dos mais durões.

Duas bandas das quais eu gostava muito na adolescência já diziam: “o que vou deixar pra trás quando partir? […] Esqueça as coisas ruins que fiz e me ajude a deixar pra trás coisas pelas quais serei lembrado” e “minha memória descansa, mas não esquece o que perdi”. Tudo o que fazemos nessa vida deixa um rastro, que vai ser notado, lembrado e passado adiante por mais ou menos pessoas, dependendo de quantas você impacta enquanto está por aqui. A diferença é se esse seu “legado” será positivo ou negativo, e é mais ou menos nesse ponto que o episódio toca. Você não percebe isso muito bem até metade do episódio, quando o Bishop conta o segredo da família e, mais tarde, quando Sam e Dean conversam sobre o que eles deixarão pra trás, sobre como será o futuro sem eles… Honestamente, por mais significativo que esse papo pode ser, eu não gosto muito de vê-lo abordado na série, porque me passa uma vibe ruim de “eles vão morrer e vai ser logo” e eu não tô pronta pra isso! Seja como for, é bem por aí que o título faz sentido: as coisas passam, o tempo voa, algumas coisas continuam numa boa, outras mudam, outras acabam. Mas a lembrança fica. E, no fim, é ela que importa.

Talvez seja por isso que o episódio me trouxe tantas memórias das primeiras temporadas. 12 anos se vão, mas aquela pontinha de saudade pelas origens fica guardada na memória. E, nesta temporada, eles estão fazendo questão de voltar com alguns aspectos. Algumas vezes mais sutis, outras mais na cara, você vai lembrar que Sam é o cara das letras e Dean, o da porrada; que Sam come salada, e Dean, bacon; que Dean vai paquerar qualquer rabo de saia que passe na frente dele e Sam já está tão cansado de ver essa cena se repetir, de saco cheio por seu irmão prestar atenção na garçonete, e não no caso, que já até sabe as cantadas de pedreiro que ele usa pra tentar conquistar as meninas. Mas, na hora que o pau quebra, ambos, igualmente, mostram por que podem, com folga, defender o título de melhores caçadores do país. Ainda mais agora, com a Colt de volta. Não tem pra ninguém!

https://68.media.tumblr.com/c8e616f39453491ada99727e68479f9d/tumblr_oog4hiTFjs1rplvz2o5_r1_1280.jpg

Apesar da empolgação, não estou muito confortável com o quanto eles (especialmente Dean) estão confortáveis com o retorno da arma. Porque, de repente, caçar pode ficar muito fácil, e pra começar a ter episódio em que eles terminam um caso em 15 minutos porque não precisam descobrir como matar o monstro, é daqui prali. Cuidado com o conforto, senhores roteiristas! É muito fácil se acomodar no abraço de uma arma que mata praticamente qualquer coisa!

Falando nela, tive que rir quando Ketch se mostra puto pelos Winchester terem surrupiado a arma, e esperando encontrá-la no bunker enquanto eles não estavam lá. Bobinho. Até parece que eles iam sair sem ela!

Não gostei dos brits fuçando o bunker dos meninos, mas, pelo menos, eles deixaram arrumadinho. Não foi que nem aqueles Steins, que iam tocando fogo em tudo! hahaha Mas sério, tenho medo do que eles acharam e de como vão usar isso contra os meninos. E tem MUITA informação ali pra ser usada. Quando Ketch pegou a foto da Mary, pensei: vem merdona por aí… e, do jeito que aquele ali é, nem vai importar que (se) ele sente algo por ela… eu ainda não consegui me decidir se aquele olhar dele ao ver a foto foi de “ela é bacana, mas vou usá-la contra eles, foda-se” ou de “poxa, ela é tão bacana, mas vou ter que usá-la contra eles…” Até porque ele é meio inexpressivo, o Ketch.

https://68.media.tumblr.com/a7cfa212b4380c567e39739fbefb1e73/tumblr_ooeltffmRY1uh9aulo3_500.gif

Não digo isso porque o ator não tem expressão! Pelo contrário, é justamente por ser bom de atuação que o personagem fica tão misterioso… você não consegue decifrá-lo pelas expressões, porque ele não demonstra muitas. E Ketch é do tipo de homem que não pode, ou quer, ter sentimentos. Diferente do Mick que, apesar do tipo de educação que teve naquela “Hogwarts” distorcida, pelo menos sabia ponderar… Pobre Mick, aliás… bichinho, estava se redimindo na vida e morreu defendendo o que acreditava… morreu como um herói pra mim! Sacanagem é que teve que morrer… em 3 eps ele ajudou mais que muita gente que tá aí há zentas temporadas…

Mas vamos falar do caso, porque, afinal, Supernatural também se trata de monstros, né não? E qual monstro pode ser mais aterrorizante que o sero mano? Uma família comum do interior do Wisconsin resolve que quer ficar rica. Como chegar lá?, eles se perguntam.

a) trabalhar duro;

b) descobrir como invocar um deus pagão, prendê-lo, escravizá-lo e chantageá-lo.

O que as pessoas não fazem por riqueza e status, não é mesmo? Ainda bem que o xerife lá resolveu finalmente pensar por si mesmo e acabar com essa palhaçada, mas ele não contava com o irmãozinho ambicioso, que acabou tropeçando no deus e voltando com a coisa toda de novo. Mas, hey, ele tem que continuar de onde o pai parou, ora! Caçar pessoas, sacrificá-las… o negócio da família! O pai morreu e ele tem que continuar seu legado, certo?

https://68.media.tumblr.com/97ee4e17316f5f531e6903d1606eda7a/tumblr_ooe8m3904L1vblluqo2_500.gif
ESSA CARA DO DEAN FOI ÓTIMA!

Sabe o que também foi ótimo?  É que quem acabou amarrado na cadeira (com um rolo de filme hahahahaha) foi Dean, e quem teve que salvá-lo foi Sam! Pra variar… porque é sempre o contrário (inclusive, eu já disse aqui em algum lugar o quanto isso me frustra). Então, go Sam! E de canhota, ainda! Que isso se repita mais vezes no futuro!

Supernatural GIF - Find & Share on GIPHY
Porque ele é Sam Fucking Winchester.

***

De tempos em tempos a gente se pega pensando na vida, na morte, no que deixaremos pra trás, se alguém além da nossa família vai lembrar bem da gente, diabos, às vezes a gente pensa SE pelo menos a família vai lembrar da gente. hahaha Interessante o “não” curto e grosso do Sam quando Dean perguntou se eles seriam lembrados pelo mundo. E não serão mesmo, pois tudo o que eles fazem é na “surdina”! Mas muitas famílias existem e estão crescendo por causa deles, então Sam acerta, e muito bem, quando diz que seu legado são as pessoas que eles salvaram. E, por associação, acho que posso falar por grande parte de nós que ele também acerta muito quando diz que deixaram o mundo melhor do que o encontraram. Pelo menos, o meu mundo, depois deles, está infinitamente melhor!

https://68.media.tumblr.com/dea20d988ff703a5160146f672146fea/tumblr_oofnse8HGy1uajuo1o1_540.gif
Se eu resolvo deixar meu legado assim, morro antes de cair no chão, sem nem perceber de onde veio voando o chinelo.

E o orgulhinho na cara dos dois:

https://68.media.tumblr.com/716981f19f415300dd2fb8cc2e9fa6f1/tumblr_oofnse8HGy1uajuo1o2_500.gif

https://68.media.tumblr.com/a852186dac7dfcf0314d3641532af47a/tumblr_oofnse8HGy1uajuo1o3_540.gif

E isso:

https://68.media.tumblr.com/b83a040b99b5768f17d4232edc3735d0/tumblr_oodnzdjpXN1sgfzydo1_540.gif

PS: por que comparar Ketch com Christian Bale se ele é a cara do John Barrowman??

PS2: Deem só uma olhada na caixa de entrada do Sam. Tem até email da Biggerson’s hahahaha!

https://pbs.twimg.com/media/C9Z9gcnWsAAmIql.jpg

7 Comments
  1. Débora Lopes 7 meses ago

    Olá…. por enquanto eu só quero dizer: obrigada por esse presente de páscoa!! Episódio incrível, que marcou meu coração e é claro, análise também!! Obrigada Lu!!

  2. Andréia Pereira 7 meses ago

    Não tenho mais nada a declarar.
    O que pensei em falar,vc Lu disse tudo.
    O início da sua análise é exatamente como eu pretendia descrever o episódio.
    O que foi aquele diálogo entre Dean e Sam no fim do episódio e ainda com eles deixando a suas marcas?
    Meu coração bateu extremamente feliz com aquela cena.
    Não tenho muito pra falar.
    Só sei que amo demais a história desses dois irmãos.
    E o meu mundo tbm ficou muito,mais muito melhor depois que Dean e Sam passaram a fazer parte da minha vida.
    Beijos pra todos.

  3. cris 7 meses ago

    Noite gente!
    Acho que não tem vida de fã que não tenha ficado melhor desde de que supernatural surgiu nas nossas vidas.
    E esse episódio foi sutilmente profundo… e assustou um pouco.
    Não pelo monstro que, com ou sem colt, eles dariam conta de qualquer jeito.
    O que apertou um pouco o peito foi justamente a conversa dos meninos. Pensei o mesmo que voce Lu. E é esse o final que acho que eles terão, e acho até que é o mais corente.
    MAS NÃO QUERO NEM PRA DAQUI 30 ANOS, NO MÍNIMO!!
    Por outro lado, é sempre lindo ver onde o papo desses dois vai parar…eles tem muita noção de quem são, do que já deixaram, do que vão deixar; mesmo com o desejo de que pudesse ser diferente. E no fim, eles estão bem com isso. E isso tambem aperta o peito…
    Mas voltando ao episódio. Lu, não acho que a vida vai ficar facil com o colt não. Mesmo porque ja tem spoiler do roubo da arma. Tambem detestei ( e quem não?) ver os brits bisbilhotando no bunker. Acho que isso não pode ficar barato! Que desaforo!
    Quanto a falta de expressão do Ketch; eu acho de arrepiar. Não dá pra ter a mais remota ideia do que se passa naquela cabeça perturbada. Mas por hora prefiro apostar que ele vai hesitar quando e se chegar a hora em que tenha ele que fazer algo contra os meninos. Bom, assim espero; porque talvez esse seja o único jeito de os meninos finalizarem esse sujeitinho.
    PS; Que será que passou pela cabeça do Dean quando ouviu Pete praticamente repetindo as frases que ele mesmo usava a não muito tempo? A cara que ele fez foi impagável! rsrsrs
    Vou parar por aqui. Acabei de ver o episodio agorinha e se deixar, vou longe! Mas prefiro parar deixando aqui abaixo o simbolo de união, amor e lealdade mais lindo que ja vi.
    DW SW

  4. Adriana 7 meses ago

    A próxima temporada ainda não foi anunciada, né? Será que essa será a última? Preocupante!

  5. Débora Lopes 7 meses ago

    Oi Lu! Oi gente!! Ainda estou sob os efeitos desse episódio. E passei o feriado inteiro vendo, revendo, lendo e pensando nele. Aconteceu tanta coisa, e coisa boa na minha opinião. Foi, como vocês já mencionaram, um episódio que nos leva lá para a primeira temporada. Foram muitas as referencias. Consegui visualizar o Sam e o Dean de doze anos atrás. O Sam enfiado nas pesquisas enquanto o Dean corre atrás da garota da lanchonete. Na caçada aquele medinho, pensando o que vai surgir daquele porão, ou daquela porta. O retorno da Colt… uma nostalgia só! Os HdLB… bisbilhotando!! Até o cabelo do Sam e as camisas do Dean entraram na história. Meu Deus!! Mas, o que marcou (pelo menos prá mim) foi a reta final do episódio. Aquele filho “bastardo”, louco e ganancioso, mencionando de modo invertido a frase que nós – apaixonadas por Supernatural – sabemos de cor de salteado, provocou uma pontada no coração. A expressão do Dean nos representa! What????? E daí chegou o Sam (de canhota, como observou a Lu) e lá foi o Deus sanguinário. Virou pó!! Mas…. ainda não tinha acabado. E foi esse finalzinho que eu fiquei remoendo e ainda estou remoendo!! A conversa entre eles marcou fundo meu coração, tão fundo quanto as iniciais SW e DW ficaram marcadas naquela mesa. Como dói pensar que personagens tão maravilhosos, um dia deixarão de contar sua história e não estarão presentes de forma tão forte na nossa vida.Mas eu confesso, e aqui posso fazer isso, que durante o episódio, enquanto o Dean falava com o Sam, eu me peguei respondendo ao questionamento dele. E acho que vocês também! E acredito que respondemos da mesma forma: sim – vocês serão eternamente lembrados. Sim – somos o legado de vocês e nosso mundo ficou muito melhor depois que tomamos conhecimento e nos apaixonamos pela saga de suas vidas. Sim, obrigada Dean Winchester! Obrigada Sam Winchester. Sabemos que ainda não é a despedida. Mas já dá prá saber o quanto isso vai doer. Desculpem….
    Sabe, rolou até uma vontade de fazer uma tattoo… tenho pavor de agulhas….
    É isso! Acredito que esse final de temporada, será no mínimo – emocionante!
    AH! O Dean sempre menciona um ou outro seriado… eu só queria saber quando é que ele os assiste!! Outra coisa: a Lu chamou a atenção para o e-mails na caixa de entrada do Sam. O Dean manda e-mails pra ele! Achei engraçado, porque geralmente eles estão juntos, quando estão usando o computador. Coisas dos Winchester.
    E vamo que vamo… parabéns pela análise Lu. Beijos meninas ( e meninos também) !

  6. Lule 7 meses ago

    Tempão sem vir aqui. Sentindo falta de dar “pitaco na vida dos outros” (como se diz por aqui).
    Acho que tem algumas coisas esquisitonas acontecendo mas hoje vou focar nisso:
    SW DW. Isso foi SENSACIONAL!
    Carimbo essa cena como uma das mais emocionantes da série, por tudo que nela está implícito e não tenhamos dúvidas que nós somos o legado de SW e DW.
    Meu mundo também está muito melhor depois que eu conheci eles.
    Lu chinelada né brincadeira não mas se for tenta usa capacete e talvez dê pra salvar.

Leave a Comment

You may also like

Hot News