[Análise Hunter] First Blood, por Seth

By

Hello Hunters! Aqui quem vos escreve é o Seth! Vamos falar sobre o último episódio intitulado de First Blood.

Esse episódio é mais um daqueles episódios atípicos de Supernatural, sem praticamente nada de sobrenatural (e o pouco que teve parecia mais fillers do que história mesmo).

Logo no inicio do episódio vemos Dean e Sam sendo interrogados pelo o ataque feito ao presidente (que estava possuído por Lúcifer) no último episódio.

Ambos não dão a mínima para o interrogatório.

Enquanto isso, Mary e Castiel tentam encontrar alguma maneira de encontrar os dois sem sucesso. Nesse ponto me perguntei “Castiel não está com todo seu poder de volta? Como ele não consegue rastrear nenhum dos dois? LOL?”. Além disso, Castiel falha em caçar vampiros (Oi?) e Mary resolve o trabalho por ele (Oi, de novo?).

O tempo passa e ficando sem opções, os Winchesters apelam para Ceifadora Billie. Até aí ok, mas fazendo pacto? Really?? E mais uma vez, eles morrem (está ficando clichê já isso) e ressuscitam para poder escapar da prisão. Já do lado de fora, Dean e Sam dão um pau numa equipe altamente treinada com armas potentes (Forçado? Imagina!).

Enquanto isso, Castiel diz possuir uma ideia para ajudar a encontrar o local onde Sam e Dean possam estar. Recorre aos britânicos dos Homens de Letra, que prontamente se predispõe a ajudar. Mary não concorda muito mas aceita por não ter outras opções.

Com mais recursos e contatos, os Homens de Letra chegam até o local onde Sam e Dean se encontram e resgatam ambos. Cada um parte para seu destino, e como já estamos nos acostumando a ver, os Homens de Letra não deixam rastros e eliminam todos que estiveram envolvidos na prisão dos Winchesters.

Passado algumas horas, Billie aparece novamente para cobrar o acordo que fizeram para que os irmãos pudesse sair da prisão. Aqui nesse ponto temos bastante o que conversar, vamos segregar por partes, como diria Jack The Ripper!

 

O primeiro ponto que devemos levar em consideração é o acordo feito. Para que eles pudessem morrer e ressuscitar, fecham um acordo no qual um Winchester deveria morrer definitivamente. Tentando achar uma alternativa para o tal ocorrido, Castiel diz que eles não devem fazer isso (aceitar o acordo). Billie por sua vez nega, dizendo que quebrar um acordo desses, feito com sangue, acarretaria em uma consequência em escala Cósmica.

Após isso, vemos o amor fraternal de Mary desbrochar e óbvio que ela iria se prontificaria a se sacrificar pelos filhos, já que não foi definido qual Winchester deveria morrer após o acordo. Qual mãe não se sacrificaria por seus filhos?

Por fim e o mais importante momento do episódio, Castiel põe fim a vida(?) da ceifadora Billie. Por que considero o mais importante? Simples, Billie deixou claro que uma catástrofe ocorreria, quão grande seria isso, como seria isso? Muitas perguntas ficaram no ar!

Quando falamos de um ceifador, lembramos imediatamente de Morte! Se temos ceifadores, eles trabalham pra alguém, o que me leva acreditar que Morte não morreu! E isso será parte do grande mistério deixado como consequência da quebra do acordo. Vamos aguardar para observar!

Até breve!

29 Comments
  1. Giovana 9 meses ago

    Oi, Seth!
    Sim!, por que o Castiel não fez “zap”, encontrou e libertou os meninos? Ou ainda, por que os meninos não rezaram pro Castiel?? Ele é um anjo, ele ainda ouve preces, não? Fiquei confusa.
    Até agora, Mick é meu Homem das Letras Britânico preferido, mas fiquei com dózinha do japinha médico legista que ia vendado pro trabalho… Até ele foi morto? Desnecessário kkk
    Nossa, você acha que a Morte não morreu? Interessante… Faz sentido. A Morte é tipo… “O” poder. Pode muito bem ter feito um teatrinho. Hum. Vou pensar mais nisso.
    Ótima análise!

  2. Ana Celia Gomes pedroso 9 meses ago

    Também achei clichê essa de fazer pactos para morrerem definitivamente. E então foi só “matar” a ceifadora para o pacto se desfazer? Mas “não é um pacto de sangue” que se for quebrado trará uma catástrofe? Eu só espero que os futuros roteiristas não deixem passar mais esse detalhe… . Para mim, a maior gafe desse seriado foi a morte da Morte, aquele ser que “era tão velho quanto Deus e que nem um dos dois sabia quem chegou primeiro”. A Morte morreu simples assim…?

    • Hekate 9 meses ago

      ainda morrer da maneira mais estupida possivel, tipo vou dar a unica coisa que pode me matar para um cara que ja fez de tudo para salvar a vida do irmao e ainda vou ficar bem perto dele kkk
      essa eu nunca consegui aceitar.

  3. Oi Seth. Boas observações. Eu não fiz essa análise no meu review por que o foco do site é outro, depois eu deixo o link abaixo. Mas vamos completar que esse episódio me pareceu mais uma “justificativa” para que Mary “finalmente” mostrasse o seu amor pelos filhos. WHAT?
    Depois de terminado a minha modesta análise o que me ocorreu foi que talvez os meninos desistissem de viver justamente por não ter mais aquela fagulha de motivação chamada Mary? Desde o começo da série tudo girou em torno da vingança pela morte da mãe. E bum ela está de volta, é uma estranha, uma chata, uma insuportável pessoa e é claro que os irmãos se sentiriam sozinhos. Quanto aos seus pontos concordo plenamente, para que chamar a Billie já que o Castiel resolveria todos os problemas já que além de ter os poderes de volta pelo menos nessa temporada eles não está “brigado” com ninguém. No geral as expectativas foram altas demais e o episódio de longe correspondeu as expectativas. E eu espero que coração que não venha nenhum plot twist para justificar o comportamento da Mary, o plot da S6 (acho) do Sam sem alma foi mega legal, agora algo do tipo para a Mary Incompleta (vou adotar este apelido), não cola, já que ela foi “ressucitada” por um gesto de gratidão. Só me faltava a Amara (quem sabe), ter trazido uma Mary dark side e ela ter que morrer de novo. Daí confesso que será uma alternativa triste demais para os corações dos meninos tão sofridos.
    Para quem quiser saber mais do que eu achei do episódio basta acessar.
    http://www.supernatural.etc.br/12×09-first-blood/

  4. Cristiana 9 meses ago

    Olá. Até agora a tal volta do Castiel da 4ª temporada ainda não aconteceu pra mim. Ele continua fraco, sem poderes. Eles podem melhorar isso aí.

  5. Hekate 9 meses ago

    Vou sentir falta da Billie e sua aurea de ‘boss’ 🙁
    gostei da analise, acho que concordo com quase tudo.
    A parte que eu achei mais engraçada no episodio foi quando o soldado leva tiro na perna e o Sam da o kit de medicamento e diz ‘viva’ kkkk
    Sam aquilo era bala de fuzil e tenho quase certeza que acertou alguma veia ali kkk
    teve outra la fora da casa quando um soldado vai ver o outro caido e dean pega ele desprevenido, Poxa que soldado é esse que baixa guarda para o inimigo?
    Voces estao invadindo um lugar, primeiro tem que matar os alvos e depois tentar cuidar dos feridos.
    e outra aquele cara disse que apagou todos vestigios matando todos la dentro, serio? so porque é uma prisao secreta nao quer dizer que eles nao possam ter passado informaçao para resto do serviço de inteligencia do EUA, se eles nao fizeram eles sao incompetentes mesmo.

  6. cris 9 meses ago

    Só lembrando: o Castiel escondeu os meninos de todos os anjos, até mesmo de si proprio, quando entalhou as costelas deles com aquela parada enoquiana. Só poderia estar em contato com os rapazes em sonho, mas aí não adiantaria muito ja que eles não sabiam onde estavam presos.
    Estou aguardando uma bela “reação cosmica” por conta de Cas ter matado a Billie. E tambem ainda tenho esperança da morte estar “viva”! rsrsrs

    • Lu Pires 9 meses ago

      Oi, Cris! Olha, minha memória é bem ruim, então me corrija se eu estiver enganada, mas esse entalhe não foi apagado deles em algum momento? Que fez isso e quando aconteceu, eu não faço ideia kkkkkkkkkkk mas tenho quase certeza que apagaram… =/

      • Débora Lopes 9 meses ago

        Lu… tenho certeza que as costelas dos meninos ainda estão tatuadas! O Cass apagou a tatuagem contra possessão demoníaca do Sam na noma temporada. É o que eu lembro!!

      • cris 9 meses ago

        Lu, em se tratando de memória a minha não é la essas coisas. Acho que a solução vai ser maratonar mesmo! rsrsrs
        Mas tenho quase certeza de que não apagou não…

    • Lu Pires 9 meses ago

      Gente, será que eu tô viajando?? Preciso averiguar essa informação… hahahaha

  7. Hekate 9 meses ago

    E mais uma vez eles mexendo com coisas que nao saberm.
    Minhas apostas sobre a reaçao cosmica:
    1-Vazio, ou seu criador, ele/a pode ser uma 4 entidade primordial
    2-algo a ver com as realidades alternativas
    3- ou algo ver com a morte das pessoas(esse parece mais obvio devido a condiçao da billie)

  8. Lule 9 meses ago

    Oi Seth. Já vou pedindo desculpas pelo exagero de texto.
    Que MARAVILHA é conhecer os caras que salvam o mundo!!!
    Mesmo sendo um mundinho triste e condenado eles salvam.

    Humanos são perigosos.
    Sam e Dean já caçaram muitas coisas, muitos monstros que nem ousávamos imaginar mas tirando inferno, purgatório, um brincalhão e morte, foram humanos que os mantiveram presos por mais tempo. Que os submeteram a tortura insuportável.Parece que não mas silêncio, em alguns casos, machuca e muito.
    Dean sempre com firmeza que é própria dele sofre e Sammy sempre ocupando-se tentando ser útil mas definitivamente eles não foram feitos para a prisão.
    Sam e Dean mortos? E como a morte deles ainda me surpreende?!
    Me surpreendeu sim, eu nem me lembrei que parece meio clichê. Tudo o que lembrei é que tinha uma tal ceifadora atrás deles.
    Vivos novamente, fazem o que sabem fazer melhor: CAÇAM. E caçando demonstram o que têm de melhor: HUMANIDADE.
    Entristeceu-me o fato deles cogitarem viver um sem o outro. Esse foi pra mim, o meu “monstro da semana”. Apesar de não completarem o pacto isso tá me incomodando e não estou lindando bem com isso não.

    Sobre a Mary, acho que já deu tempo pra ela se adaptar e perceber que o seu status é VIVO e nesse episódio ela mostrou um pouco disso. Acho que ela estava certa em buscar um tempo pra si, tentar se situar é normal pra quem passou tanto tempo off-line mas é hora de mudar, aceitar, superar essa fase e continuar lutando, afinal ela tem dois filhos que a amam muito e isso já devia ter servido pra alguma coisa.
    Ela sabe agir como uma Winchester: quando tudo está bem eles caçam, quando tudo tá mais ou menos eles caçam e quanto tudo está péssimo eles caçam. E fazem isso com emoção. Quando ela acusou Cass de abandonar os meninos fiquei aborrecida com ela (pra mim ele meio que fez algo parecido e Cass a lembra disso) e mesmo assim vibrei com a reação passional que ela demonstrou. Isso não é uma crítica ao retorno da Mary, nem um pedido de que ela esteja em todos os episódios. É só um desejo de quando ela aparecer, que seja com emoção, de que ela perca olhar do morto (aqui méritos para Samantha) e que principalmente ame os meninos como eles merecem ser amados. Espero que a ameaça real da morte deles
    a tenha acordado, não só hoje mas daqui pra frente.
    A presença da Billie como sempre marcante, dessa vez foi aterrorizante e eu me surpreendi com a morte dela mas não lamentei nem um pouco. Fico na torcida pra cobrança do pacto quebrado com consequências em escalas cósmica seja cobrada sem muitos juros.

    E que bom eles conhecem um cara que ama, os caras que salvam o mundo.
    “Vocês fizeram um acordo idiota e eu o quebrei”
    Já fazia algum tempo que o Castiel não me emocionava. Quando vi ele olhando pro hotel, o lamento no olhar dele, eu gelei. Ele ainda tem falhas, e muuuuuitas,não vou questioná-las nesse momento porque continuo sem imunidade à quem ajuda os meninos ou talvez seja só a minha preocupação com o meu monstro da semana mas amei o Castiel e cada pedacinho do meu corpo queria abraçá-lo hoje (naquela quinta).
    Alguém precisar amar os meninos, fazer algo por eles, estimulá-los e pra mim o Cass fez isso hoje. Nem me lembro qual foi a última vez que ele literalmente salvou os meninos (preciso maratonar pra recordar). Cass voltou a ser um anjo que guarda? Torço que sim, acho improvável nesse momento mas torço porque acho que a gente precisa de um aliado real que faça o que for preciso para não deixar nenhum Winchester morrer porque eles significam demais pra nós.

    Algumas observações
    -Ainda não gosto dos HDL britânicos mas não teve jeito, baixei a guarda. Ajudou os meninos e de novo.
    Não sei o quê esperar da parceria deles com a Mary. Acho que não é o melhor acordo mas pelo menos ela começou uma nova etapa, talvez seja o extinto materno falando.
    – Presidente sacana! Sabia que os meninos ajudaram ele e ainda assim não interveio. De nada viu senhor presidente. Quando precisar eles ajudam de novo.
    -Máquina de escrever?!?!?! E possuída. Tem coisas que só em SPN.
    -Achei legal a falta de interesse do Crowley com o que aconteceu com os meninos, pelo menos assim a gente se lembra a raça de demônio que ele é (apesar que acho que foi só fingimento).
    -Abstinência de SUPERNATURAL faz mal pra saúde. Eu já estava tão mal humorada que nem eu me aguentava. SEJA BEM VINDO DE VOLTA BOM HUMOR!!!!

    • Lu Pires 9 meses ago

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk meu Deus, eu nem tinha reparado que não era o cara que tava escrevendo na máquina!!!

    • Débora Lopes 9 meses ago

      Oi gente!! Não digo que irei justificar minha opinião, porque acredito que aqui todos nós de uma certa maneira, temos um pacto (mesmo que não seja de sangue) que é o pacto do respeito pelas análises e comentários, o que sustenta e preserva esse espaço. Pois bem! Pelo menos uma vez na vida, cada um de nós já teve um bichinho de pelúcia, um cobertor, uma camiseta ou vestido, que mesmo estando desgastado, rasgado, remendado, não conseguimos nos desfazer dele. Pensem! Tiveram ou não? Acredito que sim. Pois bem novamente! Supernatural (prá mim) é a minha pantufa, que mesmo desbotada, nem tão fofinha, ainda aquece meus pés e me traz aconchego. Então, aí de quem tentar jogá-la fora! Vai dar caca!! O assunto – escorregada no roteiro – existe sim! Mas, nesse episódio, não enxerguei. Prá sair de um lugar daqueles, só com bomba, feita com as caixinhas de suco, colheres descartáveis e o molho daquela carne que parecia horrorosa, pelo menos pro Sam! Mas… isso é coisa do Macgyver e não de Sam e Dean. A morte prá eles não adianta muita coisa.Foi o Dean que disse isso! Os meninos são caçadores desde meninos! são ou não são? E não me lembro da utilização da armas pesadas ou tecnológicas prá isso. Eles sempre usaram a inteligência, o trabalho em equipe. A Cris lembrou bem: Cass os escondeu com sigilos nas costelas lá no início da quinta temporada. A quebra do pacto com a Billie, na minha imaginação, deve respingar no Cass. A Mary também vem comendo o pão que o diabo amassou! Acho que seria muito menos plausível, se trinta e tres anos depois ela voltasse da morte, num mundo totalmente diferente e já se sentisse situada de cara! Torcemos por ela e pelos meninos, é claro! Mas a temporada ainda não acabou e o amor que ela sente sim por eles, vai aparecer, tenho certeza! Os Homens de Letras Britânicos… meus pezinhos calçados nas minhas pantufas velhinhas, ainda estão atrás com eles. Confio, desconfiando. Uma certeza: eu quero aquela máquina de escrever! Adorei!! E Lule… (amei o seu texto), concordo com você: Abstinência de Supernatural faz muito, mais muito mal prá saúde!! Graças a Deus eles voltaram!! Mesmo que não seja tão apaixonante pra todos, mesmo que não seja as mil maravilhas…. eles voltaram!! Estou feliz por isso! beijos…. só mais uma coisinha: tenho sim as pantufas. É claro que no verão eu não uso… tenho o chinelinho remendado!!

      • Clarice Hubert 9 meses ago

        Debora faço suas as minhas palavras… a serie nunca foi perfeita, eu lembro na era Kripke um monte de gente descia a lenha, por isso ou por aquilo, agradas a todos é impossivel, nem Jesus conseguiu…

        Adoro as tuas pantufas, para mim a serie é o meu cobertor predileto, não quero que ele estrague nunca…

        Posso estar vendo a serie com uma perspectiva diferente, mas para mim ela ainda vale a pena… agora, para quem não fizer…

        • Débora Lopes 9 meses ago

          Cla… Supernatural é apaixonante!! É a perfeição imperfeita!! E fico feliz que ela ainda provoque boas discussões. beijos!!

      • Lu Pires 9 meses ago

        Gente, desculpa discordar de vcs… mas pra mim SPN num é pantufa, cobertor, que me aquece… nada disso!!
        Eu moro no semi-árido, gente, pra mim SPN tem que ser uma sala com o ar condicionado ligado no nível mais forte! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk 😉

      • cris 9 meses ago

        Ôpa!!! Sou do time da pantufa. No inverno, claro…

    • cris 9 meses ago

      Lule, voce me representa menina! Apoiada 100%. Tambem adorei Castiel nesse episodio. Só devo confessar que vou sim sentir falta da Billie…

  9. Gabriel 9 meses ago

    O episodio foi bom,só que mais uma vez supernatural não aprendeu com seus erros e errou nos detalhes,após os roteiristas pecarem em alguns detalhes importantes da mitologia de supernatural na 8-9-10-11 temporada ,agora o responsável pelas cenas errou em certo momento nesse episódio (reparem na cena da cabana em certos cortes da cena está chovendo ,e em certos não,e todos estavam ocorrendo no mesmo momento,pois mostravam Sam e Dean emboscando os soldados simultaneamente !!!.Isso faz parecer com que os responsáveis da serie pouco estão se importando com os detalhes .Por isso era tão legal assistir supernatural quando Kripke era o produtor executivo ,ele realmente se importava com os detalhes como esse e o da mitologia.Prestem atenção cada vez menos estão se importando uma pena…

    • cris 9 meses ago

      Gabriel, assista all hell breaks loose 1ª parte, logo no inicio, na cena da lanchonete. Acho que acontece a mesma coisa. Na frente da lanchonete tem poças d”agua mas nâo ta chovendo. Nos fundos, quando Dean abre a porta, a gente ouve a chuva…

      • Gabriel 9 meses ago

        Eu vi Cris,realmente é um erro que deveriam dar mais atenção…assim como o “lore” da série que um assunto que muitos veem como problema dos produtores,pois essa humanização dos personagens deixam as coisas muito simples ou os erros de roteiro .Como Amara na temporada passada dizendo que Lucifer é o primogenito de Deus,as temporadas 4-5 deixaram isso bem esclarecido que ele é mais novo que Miguel.Mas a verdade é que a serie tem um publico alvo diferente agora,perdeu o seu tom sombrio (veja na caracterização dos demonios humanizados assim como os anjos,ou monstros ).A caça a lúcifer ,quem em sã consciencia vai caçar um arcanjo ?olhe a 5 temporada como as coisas eram difíceis.Agora o mais importante de tudo que tem sido um problema com o roteiro da serie(Informações de um amigo canadense meu ,que sempre e convidado por um dos cameras parente dele para acompanhar as filmagens no set de gravação ,informações veridicas ) ele me disse que é a AMIZADE do ELENCO,isso mesmo,o elenco e produtores são muito amigos ,isso faz com que os roteiristas acabem colocando seus amigos na serie como diretores ou personagens apenas por serem amigos (Mary)(Richard-Gabriel)(Rowena)entre outros rostos conhecidos encaixados em um roteiro apenas por amizade .E depois que ele me disse isso comecei a prestar atenção no insta de alguns atores e realemnte tudo leva a acreditar em isso.
        Fiz um desabafo em relação a alguns erros que venho acompanhando ,mas também sei muito pontos positivos da série dos quais gosto muito e fazem eu continuar assistindo ,mas acho que esses pequenos erros poderiam serem corrigidos.
        Abraços

    • cris 9 meses ago

      Gabriel, assista all hell breaks loose 1ª parte, logo no inicio, na cena da lanchonete. Acho que acontece a mesma coisa. Na frente da lanchonete tem poças d’agua mas nâo ta chovendo. Nos fundos, quando Dean abre a porta, a gente ouve a chuva…

  10. Lu Pires 9 meses ago

    Oi, Seth! Gostei muito da análise! Vc foi sucinto e direto, o que me deixou com um pouco de inveja hahahaha Deixa eu dar meus pitacos [alerta de textão – de novo!]

    Que Sam e Dean não se “quebrariam fácil”, isso eu já imaginava, mas o que me chamou a atenção foram as reações deles à situação toda. Eles ficaram 20 minutos de episódio sem falar um A e, ainda assim, falaram tanto! Minha mente foi direto pra The Usual Suspects e Folsom Prison Blues! Já imaginei “eles já têm um plano formado pra sair dali”. Bom, não tinham… hahahahaha Me espantou o tipo de acordo que eles fizeram e com quem eles fizeram. Talvez tenha sido por causa dos quase 2 meses de tratamento de silêncio, mas, considerando o histórico dos Winchesters e tudo, todos os tipos de tortura que sofreram, achei estranho eles concordarem em um morrer pro outro continuar. Não é de se estranhar muito, porém, que essa ideia tenha vindo do Dean… Tb entranhei terem recorrido à Billie mas, pensando bem, ela era mesmo a única que iria atendê-los. Crowley talvez os ouvisse, mas não acho que eles iriam querer estar em débito com ele de novo. O que me leva ao Castiel. Honestamente, e não tô dizendo isso com maldade, eu tenho uma memória bem ruinzinha, eu não faço ideia de em que pé estão os poderes do Cas. Sério. Ele tem a Graça? Não tem mais? Tem, mas só alguns poderes funcionam? Não sei mesmo. O que sei é que ele não consegue mais teleportar, nem ouvir preces, nem localizar quem ele quiser, certo? Então, é, os irmãos não poderiam recorrer a ele. Acho que por isso, por sentir que não poderia ajudar, por não ter conseguido nem dar conta de um vampiro no Missouri, é que ele tomou a decisão de esfaquear a Billie. Agora, olha a merdona que isso vai dar! Não só pq quebrou o pacto, mas pq eu acho que, com a morte da Morte, quem dava as cartas agora era ela. Eles (ele, no caso) alteraram o equilíbrio do universo de novo, e tá só que acumulam essas alterações. Eu imaginei que as consequências desse desequilíbrio viriam logo depois que Morte se foi, mas nem. Se não derem enfoque nisso agora, eu vou ficar muito puta da vida. Mataram duas Mortes já, e com uma delas ainda tinham um pacto de sangue. Eu quero ver o céu vermelho, chuva de sapos, neve no verão, essas palhaçadas todas. Consequências de proporções cósmicas: será que agora vai?

    Sobre eles terem enganado a equipe altamente treinada do exército, bom… os Winchester tb são altamente treinados! Hehehe eles sabem armar armadilhas, limpar rastros e neutralizar todo tipo de inimigo como ninguém. Eu diria que poderia ter um certo exagero, mas, em se tratando dos filhos de John, eu deixo passar haha

    Com muita dor no coração eu vou ter que concordar com alguém ali em cima que disse ter baixado a guarda com os HdLs… velho, eles têm satélites e uma máquina de escrever que escreve sozinha! Eu sei que essa é a intenção dos produtores, fazer a gente “simpatizar” com eles – vide as matérias que a gente postou recentemente -, mas vai ter aquela velha questão dos fins justificarem os meios. Achei interessante a Mary se dispor a ouvi-los, mas sinto que boa coisa não vai sair daí… vamos esperar os próximos pra ver, né?

  11. Andréia Pereira 9 meses ago

    Gostei do episódio e tbm da análise.
    Gosto muito do Misha,mas pra mim,ele ainda estar na série é puro fanservice,que por parte de alguns fãs,é extremamente nocivo.
    Eu vou desabafar,eu fiquei triste e furiosa com o que fizeram com o Jensen na JaxCon,tudo por causa desse shirpp inexistente.
    Eu amo a série,mesmo com seus defeitos e ver pessoas desocupadas,que se dizem fãs,ofenderam uma pessoa só por porque ela discorda da opinião delas é revoltante.
    Doeu muito ver o Jensen ser atacado só porque ele expressou sua opinião sobre um assunto que conhece melhor do que ninguém.
    Me desculpem gente por esse desabafo.
    Abraços pra todos.

  12. Lani 9 meses ago

    O que acho que vai acontecer como catástrofe, é aquela amnésia do Dean que estavam comentando. Pensei logo nisso,.

Leave a Comment

You may also like

Hot News